Avião elétrico pode transportar 9 passageiros e voar por 1.000 km

A startup israelense Eviation levou para o Paris Air Show o primeiro protótipo da Alice, sua aeronave multimissão totalmente elétrica.

Alice é uma aeronave para nove passageiros, impulsionada por três motores elétricos: a principal na cauda e duas outras montadas nas extremidades das asas, onde as hélices giram nos vórtices das pontas das asas, aumentando a eficiência da propulsão.

A Alice tem 3.800 kg (8.380 lb) de baterias embutidas em sua estrutura, fornecendo 900 kWh de capacidade de energia, comparativamente um Tesla Model S tem até 100 kWh. Isso é suficiente para dar a aeronave um alcance de 1.000 km (540 nm), mais reservas e velocidade de cruzeiro de aproximadamente 445 km/h (240 kt).


Comparado com seu concorrente mais próximo, o Cessna Caravan, a Alice é mais rápidoa e oferece maior potência. Contudo tem menor alcance, além de ser estruturalmente mais pesada. Alice pesa 6.350 kg (14.000 libras), dos quais 60% são baterias, e seus três motores magniX magni250 possuem uma potência combinada na ordem de 800 kW (1.070 shp). Apesar de seu peso, a alta potência instalada permite que Alice decole em menos de 700 m.


Ao contrário das aeronaves convencionais que perdem peso ao longo do voo, devido ao consumo de combustível, Alice permanece com um peso constante o que permite manter um perfil de voo mais eficiente, reduzindo os custos operacionais. De acordo com o fabricante, a meta obter um valor de US$ 200 por hora de voo, cerca de 20% do custo de aeronaves com motor turbo-hélice comparáveis.


O programa foi financiado por investidores e os fundadores da Eviation, mas a companhia ainda necessita de US$ 200 milhões para levar o programa através da certificação e produção. A empresa está buscando a certificação de tipo até o final de 2021.

O teste e a certificação de voo serão realizados nos Estados Unidos, em Prescott, Arizona, onde a Embry-Riddle Aeronautical University (ERAU) prestará assistência à startup. A ERAU fornecerá o piloto de testes e supervisionará os testes de voo para aumentar o esforço de certificação.


A Eviation atraiu vários parceiros de compartilhamento de risco preparados para arcar com as despesas não recorrentes de adaptação de seus sistemas para o Alice, entre eles estão a Honeywell, fornecendo os computadores fly-by-wire e convés de voo, e a Hartzell para as hélices. A Kokam, da Coréia do Sul, foi nomeada como fornecedora inicial de baterias de íons de lítio e Bar-Yohay espera usar motores elétricos da Siemens, mas a Eviation planeja selecionar segundas fontes para esses e outros sistemas, para oferecer aos clientes uma escolha de fornecedores.







Fonte: https://aeromagazine.uol.com.br/

7 visualizações

© 2018 por Preflight. Desenvolvido por Armando Orsi